Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 

share |

ARTISTA HAEGUE YANG DO PROJETO SONAE//SERRALVES VENCE UM DOS MAIS IMPORTANTES PRÉMIOS DE ARTE MUNDIAIS

2017-10-06




A sul-coreana Haegue Yang, artista convidada do Projeto Sonae//Serralves 2016, é a vencedora da edição de 2018 do Prémio Wolfgang Hahn, atribuído pelo Museu Ludwig, em Colónia, na Alemanha. O prémio Wolfgang Hahn é uma das mais importantes distinções no domínio da arte contemporânea e premeia anualmente um artista que desenvolva a sua obra de forma consistente e substancial e que tenha um crescente reconhecimento internacional.

Haegue Yang nasceu na Coreia do Sul em 1971 e atualmente vive e trabalha entre Berlim e Seul. Em junho de 2016 foi inaugurada no Parque de Serralves a sua obra An Opaque Wind Park in Six Folds [Parque de Vento Opaco em Seis Dobras], expressamente encomendada para a edição de 2016 do Projeto Sonae//Serralves, comissariada por Suzanne Cotter, Diretora do Museu de Serralves. A obra é composta por cinco torres parcialmente arqueadas construídas em tijolo e relacionadas por uma disposição geométrica de lajes. Localizado numa zona central do Parque, entre o Museu e a Casa de Serralves, este ambicioso projeto escultórico convida o observador a caminhar pela paisagem híbrida das suas múltiplas estruturas.

O Projeto Sonae//Serralves iniciou-se em 2011 e tem desde esse momento promovido a cultura e aproximado a arte da comunidade. Foi este projeto, uma parceria estreita entre a Sonae e a Fundação de Serralves, e único do seu género em Portugal, que apresentou ao público nacional a obra de Haegue Yang, agora distinguida com o Prémio Wolfgang Hahn.

Haegue Yang tem vindo a apresentar projetos e exposições individuais em instituições proeminentes, como Leeum, Samsung Museum of Art, Seul (2015), Bergen Kunsthall, Bergen (2013), o Museu de Arte Moderna e Contemporânea, Estrasburgo (2013), Haus der Kunst, Munique (2012), The Tanks at Tate Modern, Londres (2012), Aspen Art Museum, Aspen (2011), Arnolfini, Bristol (2011), New Museum, Nova Iorque (2010) e Walker Art Center, Minneapolis (2009). Yang participou ainda na Documenta 13, Kassel (2012) e em exposições no Institute of Contemporary Art in Boston (2013), Museum of Modern Art, Nova Iorque (2015) e Solomon R. Guggenheim Museum, Nova Iorque (2015). Haegue Yang representou a Coreia do Norte na 53ª Bienal de Veneza de 2009.

Em 2017 este prémio foi atribuído a Trisha Donnelly, astista que também passou por Serralves com uma exposição na Casa, entre julho e setembro de 2016.





Fonte: Serralves