Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


ÁUSTRIA EM DESTAQUE NA CASA DA MÚSICA EM 2018

2018-01-12




Michael Sanderling dirige esta noite a Sinfónica do Porto na mais famosa sinfonia do austríaco. Festival de dez dias marca início, com entrada livre entre os dias 18 e 21.

"Sinto uma honra especial por abrir uma temporada com esta dedicação [à Áustria] à frente de uma orquestra, à qual me une uma já bonita tradição com cinco anos", afirma o maestro alemão Michael Sanderling. Mas, continua, "a responsabilidade é como a de qualquer outro concerto: enquanto intérpretes, é sempre nosso dever sermos profetas e tornarmos clara a mensagem das obras que dirigimos."

O concerto de hoje marca o arranque da temporada 2018 da Casa da Música (CdM) e a "festa" de inauguração dura dez dias. Até dia 21, haverá sete concertos, mais dois de cariz educativo/familiar, sendo que de 18 a 21 é tempo de Casa Aberta, com várias iniciativas, todas de entrada livre.

Voltando ao concerto desta noite, ele marca ainda o início da integral das sinfonias de Anton Bruckner, um dos grandes eixos da programação. Em conversa com o DN, Sanderling explica que "todas as sinfonias dele são obras-primas e cada uma tem a sua história, a que acresce o facto de haver diferentes versões de várias delas". Não é o caso da Sétima: "É certo. Mas esta é a única que pede 4 tubas wagnerianas, o que está ligado à dedicação da obra a Wagner que Bruckner fez, quando - ele que venerava Wagner - soube da sua morte."

Segundo considera, "Bruckner já se tornou, e com justiça, um autor standard do repertório e é hoje admirado em todo o mundo, mormente por aqueles que amam a vertente harmónica da música, a opulência da escrita e que reconhecem ali a devoção - e nos tempos atuais é bom haver algo assim a que nos devotemos".

Sobre o pai [Michael é filho de Kurt Sanderling (1912-2011), grande maestro do século XX] diz que "tinha uma relação muito estreita com Bruckner, embora dirigida a três obras específicas: a 3.ª, 4.ª e 7.ª sinfonias. Já no final da vida, com mais de 90 anos, estudou intensamente a 9.ª, mas nunca a chegou a dirigir."

Michael é desde 2011 titular da Filarmónica de Dresden e já anunciou que sairá após a temporada 2018-19: "Acho que 8-9 anos é o tempo indicado para, quer eu, quer a orquestra experimentarmos algo novo, se não corre-se o risco de estagnação, de cristalização das leituras." Não se sabendo (ainda) de nenhum posto futuro, resume assim o que deseja fazer: "Quero apenas dirigir boas orquestras em bonitas salas com obras fantásticas. Se a isso estiver ligado um posto fixo, tudo bem. Se não estiver, tudo bem também." Uma coisa antecipa: "Penso que irá certamente aumentar a parcela da ópera na minha atividade, até aqui muito reduzida por meu próprio desejo."

Fala com particular apreço do "ciclo das sinfonias de Shostakovitch e Beethoven que estou a fazer com eles [Dresden] e que sairá, tudo indica, em maio de 2019 em formato box." E a coincidir com a sua última temporada em Dresden, acontecerá a estreia com a Filarmónica de Berlim: "É verdade, mas isso querem ser eles [Berlim] a divulgar. Só posso dizer que irei dirigir uma obra com a qual estou muito identificado"

Até final de 2018, Michael Sanderling regressará ao Porto para dirigir a n.º 2 de Bruckner e a n.º 6 de Mahler: "O Bruckner era um grande desejo da Casa da Música e a Sexta era um grande desejo meu. Por isso, foi fácil entendermo-nos [risos]." Diz ser "com muito gosto" que vem ao Porto: "Encontro aqui um ambiente tranquilo, uma orquestra que toca com prazer e que está disposta a despender o tempo que necessário fôr em ensaios para o melhor resultado possível. Por isso, claro que espero poder continuar esta associação". Particular elogio lhe merece a secção de metais: "É excecional! E é raro encontrar um naipe desta qualidade nas orquestras do Norte da Europa."


Fonte: Diário de Notícias
Day viagra next delivery 20mg tadalafil cialis generic over london viagra counter buy buy cheap levitra no prescription, viagra cialis levitra 10mg tadalafil buy cialis.
Viagra sildenafil price india in 10 mg generic buy levitra tadalafil tablets order levitra online cheap, where levitra to buy to prescription how levitra get.
Ic tadalafil finasteride price can levitra buy i where buy viagra for cheap, without a canada viagra doctor prescription can i the counter buy levitra over.
Buy 200 viagra mg vs cialis levitra vs viagra cheapest online propecia http://www.socgeografialisboa.pt/viagra-buy-online/ buy women viagra, dapoxetine vardenafil india buy vardenafil.
Ou levitra cialis viagra men young for finasteride online place to best buy cheap viagra super active, online finasteride india cialis levitra viagra generic.
Online 200mg viagra online sildenafil cheapest men dosages viagra levitra overdose, sildenafil citrate canada uk viagra cheap.
Sale for viagra ebay tadalafil from 20 mg generic india cialis a doctor get to how without viagra sildenafil 50mg price, cialis levitra viagra or buy india tablets sildenafil in.