Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


5 FILMES DE TARKOVSKI RESTAURADOS E ON-LINE

2018-03-12




O Mosfilm, maior estúdio de cinema da Rússia e um dos mais antigos da Europa, disponibilizou no seu canal no YouTube cinco longa-metragens de Andrei Tarkovski. Estes filmes correspondem a boa parte de sua filmografia. Considerando somente longas, apenas “Nostalgia” (1983), “Tempo de Viagem” (1983) – um documentário para a TV –, e “O Sacrifício” (1986), suas últimas produções, ficaram de fora. Nascido em 1932 na União Soviética, Tarkovski foi um dos cineastas europeus mais importantes do pós-guerra. Exerceu grande influência sobre outros nomes importantes de sua geração, como o polaco Andrzej Wajda e o húngaro Miklós Jancsó. O seu cinema é conhecido pela ousadia formal, pelo uso do plano-sequência (que registra uma sequência inteira sem cortes), pelas questões metafísicas que atravessam as obras, “pelos loucos sagrados, santos e profetas, temas dostoievskianos de expiação, apocalipse e aprisionamento, perda de espiritualidade e esperança”, escreveu o programador da cinemateca de Toronto, James Quandt, num ensaio.

“Qual é a essência do trabalho de um diretor? Poderíamos defini-la como ‘esculpir o tempo’. Assim como o escultor toma um bloco de mármore e, guiado pela visão interior de sua futura obra, elimina tudo que não faz parte dela – do mesmo modo o cineasta, a partir de um ‘bloco de tempo’ constituído por uma enorme e sólida quantidade de fatos vivos, corta e rejeita tudo aquilo de que não necessita, deixando apenas o que deverá ser um elemento do futuro filme, o que mostrará ser um componente essencial da imagem cinematográfica”. Andrei Tarkovski No livro “Esculpir o Tempo”, de 1986