Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


TEATRO SÃO JOÃO REABRE A 22 DE OUTUBRO APÓS OBRA DE REABILITAÇÃO

2021-10-19




O Teatro São João volta a abrir as suas portas no dia 22 de outubro, após a conclusão de uma obra de reabilitação, em curso desde março deste ano, que teve como objetivo renovar o interior e a arquitetura de cena do edifício centenário e modernizar o seu parque técnico. O programa da reabertura do São João terá início às 18h00 com a inauguração da exposição museográfica “10 Atos 100 Anos”, seguida da conferência de abertura do colóquio internacional Teatros Nacionais: missões, tensões, transformações, às 19h00. Já às 22h00, o novo palco do São João vai ser estreado com a pré-apresentação dos dois primeiros atos da produção própria “Lear”, de Shakespeare, uma encenação do diretor artístico Nuno Cardoso com estreia marcada para 6 de novembro.

Cem anos em exposição no Salão Nobre

Quantas histórias cabem na história do Teatro São João? É este o mote da exposição “10 Atos 100 Anos”, que apresenta 10 momentos marcantes dos 100 anos de vida deste monumento nacional. Do incêndio do velho Real Teatro ao São João do arquiteto Marques da Silva, do São João Cine à criação do Teatro Nacional, são muitas as histórias – contadas através de testemunhos, cartazes, figurinos, esquissos e fotografia de cena, entre outros materiais – patentes na mostra que fecha oficialmente as comemorações do Centenário. A exposição poderá ser visitada gratuitamente no Salão Nobre do São João, de 22 de outubro a 27 de março de 2022 (de quarta a sábado, das 14h00 às 19h00, e ao domingo, das 14h00 às 17h00).

Colóquio internacional Teatros Nacionais: missões, tensões, transformações.

Arrancando no dia da reabertura do edifício, o colóquio internacional 'Teatros Nacionais: missões, tensões, transformações' vai propor uma problematização do conceito de Teatro Nacional, em várias línguas e geografias, e terá como convidado da sessão de abertura o teatrólogo e historiador Marvin Carlson, autor do livro Palco Assombrado, editado em Portugal pelo São João e pelas edições Húmus.

Depois da primeira sessão no São João, o colóquio continua nos dias 23 e 24 de outubro no Mosteiro de São Bento da Vitória, recebendo diversos convidados para as mesas-redondas, como a ensaísta polaca Elzbieta Matynia, Claudio Longhi, diretor-geral do Piccolo Teatro di Milano; Gábor Tompa, atual presidente da União de Teatros da Europa (UTE) que tem trabalhado com o elenco do São João na produção À Espera de Godot, de Samuel Beckett; e Ricardo Pais, ator, encenador e ex-diretor do São João, entre outros nomes de relevo. O evento conta com a curadoria da jornalista Inês Nadais. A entrada é gratuita, mediante inscrição prévia em www.tnsj.pt.

Pré-apresentação de “Lear” num palco renovado

O dia da reabertura de portas do São João culmina, às 22h00, com a pré-apresentação dos dois primeiros atos de Lear, de Shakespeare – com encenação de Nuno Cardoso, diretor artístico do Teatro Nacional São João, e tradução de António M. Feijó –, a primeira produção própria da temporada, que vai ter estreia a 6 de novembro, no palco renovado do São João. O elenco combina atores da companhia “quase residente” com outros com um passado na Casa. Lear terá mais duas pré-apresentações até 24 de outubro – sábado, às 19h00, e domingo, às 16h00. A entrada é gratuita.


FONTE: Teatro Nacional São João / Central de Informação