Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


GULBENKIAN LANÇA BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO JORNALÍSTICA

2018-05-16




A apresentação acontece na quinta-feira, 17, às 16 horas, na Fundação Calouste Gulbenkian, com um debate entre Francisco Pinto Balsemão e Paulo Portas sobre o Jornalismo e a Democracia e um painel dedicado ao Jornalismo de Investigação.

Como forma de promover a investigação jornalística e de contribuir para uma sociedade mais informada e, por isso, mais democrática, a Fundação Calouste Gulbenkian vai lançar Bolsas de Investigação Jornalística.

As Bolsas de Investigação Jornalística destinam-se a jornalistas com carteira profissional portuguesa válida, de órgãos de comunicação social nacionais e regionais, que apresentem trabalhos de investigação em áreas tão díspares quanto a política, economia, questões sociais, culturais ou históricas, desde que diretamente relacionadas com Portugal e com os portugueses.

As candidaturas às Bolsas de 2018 abrem a 4 de junho e encerram a 31 de agosto de 2018. O montante global a atribuir, este ano, será de 150 mil euros, a distribuir por um máximo de 10 Bolsas.

A seleção dos bolseiros será feita por um júri constituído por António Granado, Cândida Pinto, João Garcia, José Pedro Castanheira e Maria Flor Pedroso. Caberá ao júri, nomeado anualmente pela Fundação, apreciar os projetos de investigação jornalística, selecionar as candidaturas e distribuir a verba disponibilizada pela Fundação, com base na adequação do CV de cada candidato, a relevância jornalística do projeto, a sua oportunidade, exequibilidade e a possibilidade de divulgação num órgão de comunicação social (seja em suporte escrito, audiovisual ou digital).

A Gulbenkian tem vindo a apoiar, desde a sua fundação, projetos em várias áreas de investigação, tendo atribuído, desde 1956, mais de 80 mil bolsas. Para a Presidente da Fundação, a Gulbenkian “tem vários compromissos com a sociedade, sendo um deles contribuir para o debate sobre temas atuais, que assumem uma importância crescente. Um desses temas é o jornalismo e o seu futuro”. Isabel Mota considera ainda que “para uma sociedade verdadeiramente democrática, é essencial garantir um jornalismo independente e qualificado.”

A cerimónia de apresentação das Bolsas de Investigação Jornalística realiza-se às 16 horas de quinta-feira, 17, na Fundação Calouste Gulbenkian. No decorrer da sessão, Francisco Pinto Balsemão e Paulo Portas juntar-se-ão num primeiro painel para debater o tema Democracia e Jornalismo. A este painel seguir-se-á outro, em que os jornalistas Cristina Ferreira (Público), Miguel Carvalho (Visão) e Pedro Coelho (SIC) falarão dos Desafios do Jornalismo de Investigação.


Fonte: Fundação Gulbenkian