Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


BAIRRO DAS ARTES REGRESSA A LISBOA EM DÉCIMA E ÚLTIMA EDIÇÃO COM 41 EVENTOS

2019-09-13




A décima e última edição do Bairro das Artes vai decorrer a 19 de setembro, em 35 espaços de arte contemporânea de Lisboa, com 41 eventos, desde exposições, conversas e performances, anunciou hoje a organização.
Os eventos vão decorrer em galerias, museus, livrarias e outros lugares ligados à arte contemporânea na chamada "sétima colina" da capital, com 18 inaugurações, este ano.

Com direção de Ana Matos e Cláudio Garrudo, o Bairro das Artes trará ainda, de acesso gratuito, conversas com os artistas do programa, diversas visitas guiadas, manifestações artísticas nas ruas, e uma feira de livros de arte.

Contactado pela agência Lusa sobre o fim da iniciativa, Cláudio Garrudo disse que a decisão de parar, ao fim de dez anos, resultou da avaliação de "cumprimento da missão" a que se propuseram "de promoção e divulgação da arte contemporânea na sétima colina de Lisboa".

"Queríamos contribuir para a criação de hábitos culturais e de novos públicos. Fechamos um ciclo, mas a associação Isto não é um Cachimbo mantém-se e o projeto do Mapa das Artes também. Aliás, deverá sair reforçado, já que a equipa reduzida da associação que trabalha `probono` se poderá dedicar a este e a outros projetos que estamos a preparar", disse à Lusa.

Uma década de Bairro das Artes, desde o Rato ao Cais do Sodré, passando pelo Príncipe Real, Bairro Alto e Chiado, "nesse triângulo artístico, icónico da cidade", entre o Museu Arpad Szenes-Vieira da Silva, o Atelier-Museu Júlio Pomar e o Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, recorda a organização.

Nesse período foram apresentadas cerca de 300 propostas de centenas de artistas, com milhares de visitantes "que puderam usufruir desta rentrée cultural, de forma gratuita e inclusiva, receptiva a diversas expressões artísticas, explorando outros caminhos, trazendo cada vez mais públicos".

A programação deste ano é "muito eclética e transversal" no campo das artes visuais, com pintura, fotografia, instalação, desenho, gravura, joalharia e arquitetura.

Pela primeira vez, a organização pediu a três curadores do meio da arte contemporânea para partilharem as suas escolhas dentro da programação do Bairro das Artes 2019: Bárbara Coutinho, diretora do Museu do Design e da Moda, Inês Grosso, curadora do Museu de Arte Arquitetura e Tecnologia, e Sérgio Fazenda Rodrigues, curador independente.

A programação completa desta 10.ª edição do Bairro das Artes está disponível em www.bairrodasartes.pt.




Fonte: RTP