Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


MUSEUS DOS EUA ORGANIZARÃO MAIS EXPOSIÇÕES DE ARTISTAS MULHERES ANTES DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2020

2019-11-07




A Aliança de Arte Feminista (FAC), uma nova organização de base, está a unir-se a mais de cinquenta museus para organizar exposições de arte feminista, performances e outras programações nos meses que antecederão a eleição presidencial nos EUA. Fundada por Apsara DiQuinzio, curadora sénior de arte moderna e contemporânea do Berkeley Art Museum e do Pacific Film Archive, a iniciativa "procura gerar consciência cultural do pensamento, experiência e ação feministas".

"A idéia, para mim, realmente surgiu da eleição de Donald Trump e sentindo essa necessidade urgente de fazer alguma coisa", disse DiQuinzio ao Art Newspaper. A curadora foi inspirada a lançar a plataforma após a Marcha das Mulheres de 2017, que atraiu pelo menos 470.000 pessoas para Washington, DC, e está a usar o modelo do Pacific Standard Time da Getty, uma colaboração regional de instituições artísticas no sul da Califórnia, como ponto de partida. DiQuinzio recebeu uma doação de US$50.000 da Fundação Warhol em 2017 para realizar uma mesa redonda sobre práticas curatoriais feministas no BAMPFA em abril de 2018, altura em que começou a lançar o projeto para instituições de artes em todo o país.

Entre os museus que participam na campanha estão o Hammer Museum e o Institute of Contemporary Art, Los Angeles, que apresentarão conjuntamente "Witch Hunt", uma apresentação de artistas feministas em meio de carreira; o Brooklyn Museum, que está a organizar uma retrospectiva do trabalho de Lorraine O’Grady; o Instituto de Arte Contemporânea de Boston, que organizará o primeiro levantamento do museu dedicado ao trabalho de Deana Lawson; e o Museu de Arte Pérez de Miami, que montará a mostra do grupo "Meu Corpo, Minhas Regras".

Além disso, DiQuinzio será a curadora de “Novo Tempo: Arte e Feminismos no Século XXI” na BAMFA. A exposição mostrará o trabalho de cerca de setenta artistas e será organizada tematicamente para explorar uma série de conceitos, incluindo ativismo, trabalho, domesticidade e utopias feministas. Com o lançamento da Aliança de Arte Feminista, cujo site foi para o ar ontem, DiQuinzio espera que o compromisso nacional de expor artistas mulheres continue a ganhar força.



Fonte: Artforum