Links

PERSPETIVA ATUAL


Ao fundo, peças de Nicolas Ramel. No centro, escultura de Nuno Godinho, no Ateliê St Pierre, em Marselha.

Outros artigos:

2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-02-15


ANA BARROSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-20


JORGE DIAS


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS


share |

DE UM LADO A OUTRO: A ABERTURA DOS ATELIÊS DE ARTISTAS



ISADORA H. PITELLA

2013-10-18




A 4ª Edição da Abertura dos Ateliês de Artistas (AAA) terá lugar neste final de semana, nos dias 18, 19 e 20 de outubro, das 15h às 20h em diversos ateliês artísticos de Lisboa. Organizada pela Associação Castelo d’If, que tem à frente Hilda Frias e Carlos Alves, o evento é resultado de um intercâmbio com a Associação Château de Servière, de Marselha, que há mais de quinze anos promove o evento “irmão”, as Ouverture d’Ateliês d’Artistes. O AAA, para quem acompanha como público, mostra-se uma montra para perceber o que está a acontecer em Lisboa nas artes visuais. Para quem participa enquanto artista, a possibilidade de estabelecimento de conexões entre pares e com o público mostra-se, sem dúvida, a melhor parte da experiência.

Dentro de uma realidade artística competitiva e de uma realidade social na qual parecemos buscar mais ‘fisicalidade’ e consequentemente contacto físico – como defende Hans Ulrich Gumbrecht num de seus textos sobre a globalização – o AAA aparece como uma evento fundamental para a formação tanto de novos públicos das artes visuais, quanto de artistas preparados para discorrer sobre os seus trabalhos com a mais variada audiência. Do lado do público, a intenção de desmistificação da arte fica óbvia ao haver a possibilidade de espreitar o ambiente de criação dos artistas participantes. Do lado dos artistas, destaque para a democratização de media, espaço, público.

O embrião do AAA, lembra Carlos Alves, foi um convite a cinco artistas que se deslocaram a Marselha para experienciar a Ouverture d’Ateliês d’Artistes, sendo logo no ano seguinte, o evento realizado pela primeira vez em Lisboa. Os cinco artistas “iniciais” espalharam a palavra e o 1º AAA contou com a participação de 93 artistas. De lá para cá, os números aumentaram: nesta edição serão 51 ateliês e mais de 130 artistas envolvidos. Em questão de público, a última edição do evento registou mais de 2400 pessoas envolvidas no circuito interateliês. A expectativa de público para este ano é ainda maior, uma aposta na mudança de comportamento perante o hábito de frequentar ateliês de artistas. “A recorrência do evento traz-nos coisas surpreendentes. Com as repetições acabamos por acompanhar as mudanças nos artistas, no público e isso é incrível”, diz Carlos Alves. Essa regularidade do evento acaba por estabelecer a ideia de partilha, seja entre artistas, seja entre artistas e público. “O Ateliês Abertos de Artistas regista uma fotografia do ato criativo da cidade de Lisboa”, completa.

A internacionalização de artistas por parte da Associação Castelo d’If não se restringe a França. A intenção para 2014 é levar o projeto também para Turin, na Itália. “Já estivemos em Dublin, e agora almejamos estender o projeto para Turin. Este aspeto internacional é nossa intenção desde o início e tem resultado muito bem. Os artistas que viajam juntos, mesmo que habitem a mesma cidade, muitas vezes não se conhecem e experienciar essa viagem em grupo cria um espaço de conexão também no ambiente local”, coloca Carlos Alves.

Outro pormenor, que também compõe a agenda do AAA, é uma residência artística, também em regime de intercâmbio com Marselha. Neste ano, o artista português Ramiro Guerreiro foi convidado a fazer a residência naquela cidade, porém, infelizmente, a residência para o artista francês Hervé Nahon em Lisboa não foi concretizada por falta de apoio financeiro. Carlos Alves coloca que “a residência artística é um aspeto mais atento do AAA”. A seleção para a residência envolve todos os artistas participantes do evento e é realizada em conjunto com a Associação Château de Servière. “Diferente de nossa postura perante a participação no AAA, que é totalmente democrática com os ateliês que trabalham com artes visuais, para a residência e para a viagem a Marselha, há uma seleção e um convite mais direcionado”, explica Carlos.

No AAA, os ateliês estão espalhados – e às vezes camuflados – por toda a cidade. Ao observar o mapa do evento, percebemos que muitos estão em trajetos diários, que caminhamos quotidianamente em frente aos prédios sem imaginar que aquele espaço abriga um ateliê. Neste final de semana os espaços participantes abrem as portas e identificam-se através do mapa posto à porta: um convite discreto a entrar.

O mapa completo pode ser conferido no site da Associação Castelo d’If: www.castelodif.com ou ainda aos pontos habituais de divulgação cultural e particularmente no posto de turismo no Restauradores.


Isadora H. Pitella