Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Outros Portos - Outros Olhares


Margarida Gouveia, Mina Ao, Peng Yun, Xing Danwen, O Zhang
Maus Hábitos - Espaço de Intervenção Cultural, Porto

Exposição colectiva


Gonçalo Barreiros + John Wood and Paul Harrison
Galeria Vera Cortês (Alvalade), Lisboa

O Mergulho


Pedro Gomes
Casa das Artes de Tavira, Tavira

19_20


Sandra Baía
Travessa da Ermida, Lisboa

ARQUIVO DE DESTRUIÇÃO


PEDRO LAGOA
Culturgest, Lisboa

Neste corpo não há poesia


Bárbara Fonte
CAAA - Centro para os Assuntos de Arte e Arquitectura, Guimarães

Público/Privado - Doce Calma ou Violência Doméstica?


COLECTIVA
Centro de Artes de Sines, Sines

The Soft and Weak Are Companions of Life


Zheng Bo
Kunsthalle Lissabon, Lisboa

Pequenas Notas sobre Figuração


Eugénia Mussa, Daniel V. Melim e Thomas Braida
Monitor, Lisboa

Inhale, Exhale (self-breathing kit)


Paulo Arraiano
Travessa da Ermida, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


SUSANA GAUDÊNCIO

Fortunate Islands




CARLOS CARVALHO ARTE CONTEMPORÂNEA
R. Joly Braga Santos, Lote F – R/c
1600-123 LISBOA

04 MAI - 11 MAI 2020


O acesso é feito através do website da galeria:
https://www.carloscarvalho-ac.com/



A galeria Carlos Carvalho está a apresentar, de 20 de Abril até 1 de Junho, um ciclo de 6 trabalhos de vídeos de alguns artistas que representa. A disponibilização de vídeos online para acesso livre será feita na página da galeria www.carloscarvalho-ac.com e nas redes sociais Facebook e Instagram.


De 4 a 11 de Maio:

Susana Gaudêncio, "Fortunate Islands”

Ilhas Afortunadas: aforismos sobre a emergência de um mundo aparentemente
contínuo
, Som, cor, 13’58’’, 2016

Quando dirigimos o nosso imaginário para a ideia de ilha, muitas vezes somos
inclinados a criar apenas valores positivos e a torná-la um centro gerador de ilusões e
quimeras. O que contribui para esta tendência são as características especiais do seu
espaço geográfico – o continente é a norma, a ilha é a excepção.
O vídeo explora a Caminhada (neste caso na cidade do Porto) como método ancestral
de viagem crítica, que catalisa o conhecimento e o acto criativo, e ainda o conceito de
insularidade enquanto desejo de imaginação, utopia, autonomia ou refúgio.


:::


PROGRAMA

20/04 - 27/04 2020
Daniel Blaufuks “The Absence”

27/04 - 04/05 2020
André Príncipe “You´re living for nothing now I hope you’re keeping some kind of record”

04/05 - 11/05 2020
Susana Gaudêncio "Fortunate Islands”

11/05 - 18/05 2020
Tatiana Macedo “Entre-Dois”

18/05 - 25/05 2020
Mónica de Miranda “Beauty”

25/05 - 01/06 2020
Daniel Blaufuks “A Perfect Day at Wannsee”