Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

CICLO CINEMA PORTUGUÊS: NOVOS OLHARES - IV


MARY | PLANT IN MY HEAD | SEEMS SO LONG AGO, NANCY | A TRAMA E O CÍRCULO
Cinemateca, Lisboa

Revista dedicada à fotografia


PROPELLER
Padaria do Povo, Lisboa

CICLO DE CINEMA


A Gulbenkian e o Cinema Português – Territórios de Passagem
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

UNDERSCORE


Coletiva
Centro Cultural de Belém, Lisboa

Bacantes - Prelúdio para uma Purga


Marlene Monteiro Freitas
Rivoli Teatro Municipal, Porto

Cântico Negro


Pedro Cabrita Reis
Galeria João Esteves de Oliveira, Lisboa

Cântico Negro


Pedro Cabrita Reis
Galeria João Esteves de Oliveira, Lisboa

Desencaminharte


Festival de arte pública
Vários locais,


Nelson Felix
Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Guimarães

Livro: A Reinvenção do Real-Curadoria e Arte Contemporânea no Museu do Neo-Realismo


David Santos
Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, Coimbra

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA

Curtas Vila do Conde








04 JUL - 12 JUL 2009


APRESENTAÇÃO


ABERTURA DO 17º CURTAS VILA DO CONDE COM JIM JARMUSCH E FILME CONCERTO COM NORBERTO LOBO


De 4 a 12 de Julho de 2009, o CURTAS VILA DO CONDE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA está de regresso. A sua 17ª edição vai marcar a reabertura do Teatro Municipal de Vila do Conde, em remodelação desde 2006, obra que resulta da recuperação de um edifício emblemático, o antigo Cine-Teatro Neiva. O novo edifício tem a dimensão ideal para o Festival, que permitirá concentrar todos os espaços necessários à sua realização.

O 17º Curtas Vila do Conde propõe uma programação dinâmica que privilegia a diversidade de abordagens e propostas do universo cinematográfico, cruzando-as com outras linguagens artísticas como as artes plásticas, vídeo-arte, ou a música. O Festival apresenta em 2009 duas novas secções competitivas: a competição Remixed, para filmes experimentais, conclusão de uma ideia de programação iniciada em 2006 em volta das linguagens e apresentações esteticamente mais arrojadas, e, a pensar no público mais jovem, a nova secção Curtinhas, uma aposta na formação e sensibilização de públicos que resulta das experiências anteriores do Curtas e do projecto anual ANIMAR.

A convite do Festival e a marcar a sessão de abertura oficial do 17º Curtas Vila do Conde que decorre a 4 de Julho, Sábado, às 22h00, no Teatro Municipal de Vila do Conde, Norberto Lobo interpretará em trio (num projecto chamado Tigrala, na companhia de Guilherme Canhão e Ian Carlo Mendoza) uma banda sonora original para “Tabu”(1931), o último filme do cineasta alemão F.W. Murnau, co-realizado com Robert J. Flaherty, e considerado por muitos como a obra-prima de Murnau.

Em antestreia nacional, às 24h00, é apresentado o mais recente filme “The Limits of Control” de Jim Jarmusch. É o regresso do cineasta norte-americano à realização e também ao Festival, que mostrou em anos anteriores algumas das suas curtas da série “Coffee and Cigarettes” e, logo na sua primeira edição em 1993, fez a antestreia do seu filme em episódios “Noite da Terra”. “The Limits of control” é uma viagem ao mesmo tempo realista e onírica de uma enigmática personagem, cuja actividade de contornos estranhos se mantém à margem da Lei. Uma missão de objectivos desconhecidos conduz um homem a um périplo por Espanha e pela sua própria consciência. O Filme conta com as participações de actores como Isaach De Bankolé, Tilda Swinton, John Hurt, Gael Garcia Bernal e Bill Murray.

A abertura do Festival é marcada ainda pelas inaugurações das exposições de Salla Tykkä, às 18h30, na Solar – Galeria de Arte Cinemática, e “Wish We Could Tell” de Joana Hadjithomas & Khalil Joreige, às 21h30, no Teatro Municipal de Vila do Conde, e ainda a instalação “Wandering through the future” de Marjolijn Dijkman, também no Teatro Municipal. Em complemento a estas exposições, continua patente até 30 de Julho a colectiva “No Cinema”, no Centro de Memória. 

A 4 de Julho, a partir das 14h30, estreia a nova secção Curtinhas que, para além das sessões competitivas e ateliers de formação, disponibilizará um serviço de acolhimento de crianças “Espaço Brincar ao Cinema”, que permitirá aos espectadores do Festival – grande público, convidados e membros do júri -, assistir às sessões, sabendo que em simultâneo os seus filhos usufruem de um lugar de diversão e aprendizagem, sob a orientação de uma equipa de formadores. No dia 4 de Julho, às 15h00, será exibida a sessão de cinema para maiores de 12 anos e a 5 de Julho, a sessão é dirigida a crianças com mais de 6 anos de idade.

Ainda a 4 de Julho e a partir da uma da manhã, o Bar da Praça recebe os dj’s Fabulosa Marquise (PT/Cosmiclub), Oh_Yeah! (PT/Comisclub) e Uma Naper (PT/Passos de Aeróbica, Cosmiclub), para uma festa com tudo o que os anos 80 e 90 têm de melhor, do electro, ao rock, passando pelo techno. 

Os destaques do dia 5 de Julho, segundo dia do Festival, vão para a sessão especial “Caxinas 77” de José Manuel Sá, com música ao vivo de Paulo Praça e Eurico Amorim e leitura de textos por Valter Hugo Mãe. Uma oportunidade única de conhecer melhor o pitoresco universo das Caxinas, freguesia piscatória de Vila do Conde, num filme raro filmado a bordo da traineira ‘Senhora das Neves’, em 1977. 

Domingo é ainda dia da primeira sessão do Panorama Nacional, que apresenta um conjunto de obras que já foram exibidas em alguns dos principais festivais e mostras, algumas delas premiadas, com um óbvio destaque para o prémio principal da competição de curtas do Festival de Cannes por parte de “Arena” de João Salaviza.

Hadjithomas & Joreige, cineastas em foco neste 17º Curtas, apresentam a 5 de Julho, às 17h00, uma masterclass que incide sobre os seus trabalhos enquanto fotógrafos, cineastas e artistas plásticos. A partir das 23h00, são apresentados os filmes “Ramad” e “A Perfect Day”.

Às 23h00, no dia 5 de Julho, são apresentados os resultados do 10º VideoRun Restart, uma maratona de vídeo realizada em 48 horas, integrada na secção Take One!, dedicada ao panorama audiovisual e cinematográfico de produções realizadas no âmbito académico.

A competição internacional arranca no dia 6 de Julho, 2ª feira, e a competição nacional de curtas-metragens a 8 de Julho, 4ª feira.

O Festival disponibiliza um FREE-PASS, partir de 30 euros, com acesso livre a todas as sessões do Festival, filmes concerto, festas no Clube do Festival e oferta do catálogo oficial. Os bilhetes para as sessões de cinema custam 3,00 euros, com 20% de redução para portadores de Cartão Jovem e Cartão de Estudante. Para os filmes concerto e performances, os preços variam entre os 3,00 e os 12,50 euros e os bilhetes estão já à venda em www.ticketline.pt.

Consulte o Jornal do Festival com a programação diária: www.box.net/shared/lib2by6r46