Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Encontro Cinema e Educação na Cinemateca Portuguesa



Cinemateca, Lisboa

ENDGAME


Tania Bruguera
Mosteiro de São Bento da Vitória, Porto

Longe do Pintor da Linha Rubra


João Miguel Fernandes Jorge
Fundação Carmona e Costa, Lisboa

Ciclo de mesas-redondas


Almada Negreiros: uma maneira de ser moderno
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

The Swimmer, Resenha e Som: 3 imagens por Fala Mariam 2009-2016


Fala Mariam
Empty Cube, Lisboa

ODE TO THE ATTEMPT (A SOLO FOR MESELF)


Jan Martens
MAAT, Lisboa

Fatamorgana


Salomé Lamas
CCB (Pequeno Auditório), Lisboa

AS IMAGENS REENCONTRADAS



Reitoria da Universidade de Lisboa, Lisboa

Alibi Art Weekend Talks


The Condition of Art: Value, Market, Utopia
MNAC - Museu do Chiado , Lisboa

Performance na Esfera Pública



,

ARQUIVO:

O seguinte guia de eventos é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando conferências, seminários, cursos ou outras iniciativas. Envie-nos informação (press-release, programa e imagem) dos próximos acontecimentos. Seleccionamos três eventos periodicamente, divulgando-os junto dos nossos leitores.

 

share |

Encontro Cinema e Educação na Cinemateca Portuguesa




CINEMATECA
Rua Barata Salgueiro, 39 LISBOA
1269-059 LISBOA

20 ABR - 22 ABR 2017


Os Filhos de Lumière e a Cinemateca Portuguesa juntaram-se para organizar um encontro ao longo de 3 dias que irá interrogar as relações entre o Cinema e a Educação nas suas diferentes vertentes, e têm o grande prazer de vos convidar a participar.

Vivemos num tempo em que é considerado vital na Europa e no Mundo um maior conhecimento sobre o que é o cinema, no meio escolar e fora da escola, em que é reconhecida a importância do que representa a linguagem cinematográfica como modo de expressão artística e como forma de descoberta do mundo, da sua comunidade e de si próprio, e ainda das suas imensas possibilidades pedagógicas. Esse reconhecimento permite que sejam pensadas, experimentadas, partilhadas, através de programas europeus e internacionais, formas metodológicas extremamente eficazes e criativas para o encontro com o cinema, dirigidas a crianças, adolescentes mas também aos professores e todos os adultos interessados. Através destes programas são pensados e desenvolvidos importantes recursos pedagógicos, fruto desta experiência e reflexão conjunta, que se constituem como excelentes ferramentas disponíveis de forma gratuita para qualquer pessoa, ligada a uma escola, a uma entidade cultural ou educativa e interessada em conhecer e dinamizar estas práticas de sensibilização ao cinema.

Num tempo em que o Governo projecta uma nova política educativa transformadora, traçando o que deve ser o perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória, parece-nos este encontro extremamente oportuno e necessário para reflectir sobre todas estas questões, mas também sobre as diferentes experiências de uma pedagogia para o cinema.

O encontro contará com a presença de importantes convidados portugueses e estrangeiros: Alain Bergala - cineasta, autor de diversas obras sobre cinema, professor na Fémis e na Universidade em Paris - convidado em 2000 pelo Ministério da Educação e da Cultura francês para lançar as bases da educação para o cinema dentro da escola pública em França, tendo-se apoiado então na sua experiência no programa pedagógico Cinema, cent ans de jeunesse/Cinema cem anos de Juventude (do qual esta associação faz parte desde 2006 e que, desde então, tem vindo a ser implantado em várias escolas portuguesas); Nathalie Bourgeois, coordenadora do mesmo programa (Cinema, cent ans de jeunesse/Cinema cem anos de Juventude) na Cinemateca Francesa; os coordenadores do programa europeu CinEd; cineastas e técnicos de cinema; professores envolvidos - ou interessados em envolver-se - em projectos de cinema na escola.

Na abertura deste encontro será apresentado o filme Révolution-École 1918-1939, dia 20 de Abril às 21h30, com a presença da realizadora Joanna Grudzinska, na Sala M. Félix Ribeiro. Com base em documentos de arquivo, são aqui abordadas as ideias e experiências de pedagogos como Rudolf Steiner, Maria Montessori, Celestin Freinet, Alexander S. Neill, Ovide Decroly, Paul Geheeb ou Januz Korczak, num tempo em que professores, escritores, educadores, filósofos, artistas e psicanalistas de todo o mundo se juntaram, através de uma rede comum, para reflectir e reinventar a educação e para estabelecer algumas regras básicas. A presença das artes era parte integrante dessas regras. Foi com a chegada do fascismo e do nazismo que este importante movimento foi interrompido, mas muitas destas experiências impressionantemente inovadoras são, ainda hoje, uma importante referência para quem procura outras formas de educação.

Este encontro dirige-se a todos aqueles que se interessam pela educação e a possibilidade da sua transformação, através da reflexão sobre a introdução de novas metodologias, nomeadamente a prática do cinema dentro da escola, a familiarização com espaços culturais (sessões de projecção em grande écran e conversa sobre o filme), numa relação próxima e em diálogo com aqueles que o fazem.


PROGRAMA

20 Abril
21h30 Révolution École 1918-1939, de Joanna Grudzinska (legendado electronicamente em português), com a presença da realizadora.

21 Abril
10h – 17h Encontro (com autores e investigadores no campo da educação e da cultura)
19h A Professora da Aldeia, de Mark Donskoy (legendado electronicamente em português)

22 Abril
10h – 13h Encontro (continuação)