VPF Cream art




O Crepúsculo dos deuses, 2011, Impressão a jacto de tinta, 72X103 cm


Tarzan, 2011, Acrílico sobre tela, 152x123 cm


Nagasaki, 2010/2011, Acrílico sobre tela, 190x145 cm


Pandora e Julieta na Penusinha, 12 de Maio de 2010, 2011, Acrílico sobre tela, 100x120 cm


ISS, 2010-2011, Acrílico sobre tela, 144x144 cm


A morte é um cavaleiro negro, 2009/2011, Tinta-da-china, acrílico e peluche sobre papel, 200x155 cm


Ataque, O povo quer derrubar o regime, 2011, Vídeo, 07´00’’

Exposições anteriores:

2014-09-03


::: NEW PLACES, OLD BONES ::: SÃO TRINDADE




2014-05-06


João Fonte Santa - O Colapso da Civilização




2014-02-25


:::.PASCAL FERREIRA (sala 1) :::.JOÃO JACINTO (sala 2)




2013-11-05


Coletiva ::: New Wave




2013-09-10


André Banha ::: (re)visito(me)




2013-05-30


Luís Alegre ::: [NO AUDIO]




2013-03-08


Fabrizio Matos ::: Vita Brevis




2012-09-28


Joana Rosa ::: ROGER UTTAMA




2012-06-06


Rodrigo Bettencourt da Câmara ::: A Última Parede




2012-04-13


José Maçãs de Carvalho ::: Arquivo e Alteridade




2011-09-29


EXPOSIÇÃO COLECTIVA




2011-06-30


Gustavo Sumpta ::: Um Sopro da Valeta




2011-05-12


João Fonte Santa ::: O Crepúsculo dos Deuses




2011-03-24


INEZ TEIXEIRA ::: TIME IS ON MY SIDE




2011-02-04


Pascal Ferreira ::: Atalho




2010-11-26


André Banha ::: Desenho, Escultura




2010-09-30


São Trindade ::: the tailor




share |

João Fonte Santa ::: O Crepúsculo dos Deuses




O termo "O Crepúsculo dos Deuses (Götterdämmerung)" tem origem na mitologia nórdica, sendo uma tradução do épico Ragnarök que profetisa a guerra entre os deuses que leva ao fim do mundo.

O crepúsculo dos deuses acredita que os impérios (como tudo o que é humano), nascem, crescem, às vezes reproduzem-se, ficam senis e colapsam. No caso dos impérios, muitas vezes a melhor solução é a eutanásia.

O Crepúsculo dos deuses recusa ver o passado com olhos nostálgicos ou revisionistas. Para o Crepúsculo dos Deuses o passado é o enorme banco de dados onde se escreve o futuro.

O Crepúsculo dos Deuses não tem dúvidas de quem é, não levanta questões. O Crepúsculo dos deuses há muito que cumpriu a sua revolução pessoal.

O Crepúsculo dos Deuses tem ideias inovadoras para design impresso, web, interativo e dispositivos móveis, projetos de impressão e publicações digitais de alto impacto. Redefine o extraordinário no desenvolvimento e design para web. Crias vídeos para qualquer tela utilizando ferramentas de produção de alto desempenho. Cria projetos e distribui-os em várias mídias.

O Crepúsculo dos Deuses exige e reclama respostas. O crepúsculo dos deuses acredita na transformação coletiva da sociedade.


PS- Esta exposição é dedicada à memória de Hans-Ulrich Obrist, que morreu acidentalmente a 11 de Setembro de 2011 durante a libertação do seu iate pela marinha francesa, ao largo das Seicheles, quando esta confundiu  a performance que H-U Obrist estava a preparar com piratas somalis com um rapto real.
 
 

João Fonte Santa


Licenciado em Artes Plásticas – Pintura pela Faculdade de Belas Artes
O trabalho de João Fonte Santa tem sido apresentado em numerosas exposições individuais e colectivas, em galerias e instituições. As suas obras estão presentes em diferentes colecções privadas e públicas.
Colabora como ilustrador em diversas publicações nacionais e internacionais e dedica-se, também no âmbito da actividade artística, ao comissariado de exposições.
Fez parte do colectivo Sparring Partners.

(Évora, 1965). Vive e trabalha em Lisboa

 




Para outras informações e para receber os convites das exposições, por favor registe-se:

Nome:

Email:



Insira os caracteres:




« voltar à Artecapital.netmotion.