Links

NOTÍCIAS


ARQUIVO:

 


FRANÇA REABRE INSTITUIÇÕES CULTURAIS. ALEMANHA CONSIDERA ESTENDER O BLOQUEIO.

2020-11-28




O presidente francês Emanuel Macron anunciou hoje uma reabertura em duas fases das instituições culturais da França, enquanto o parlamento alemão deve votar para prolongar o bloqueio na Alemanha, de acordo com a Artnet News.

Citando a cultura como "essencial para as nossas vidas como cidadãos livres", Macron num discurso na televisão disse que galerias de arte, livrarias, lojas de discos e bibliotecas francesas têm permissão para reabrir a 28 de novembro. Instituições maiores, incluindo museus, monumentos e teatros, reabrem a 15 de dezembro. Às 21h o recolher permanece em vigor indefinidamente; exceções serão feitas para os frequentadores de teatro a caminho de casa, que deverão apresentar os bilhetes caso parados pela polícia. O recolher continua a ser um ponto de discórdia, com profissionais das artes em muitas áreas notando que este afeta toda a programação noturna.

A Alemanha deve estender o bloqueio iniciado a 2 de novembro, pelo menos até 20 de dezembro, e aumentar as restrições em algumas áreas. De acordo com as regras originais do bloqueio, as galerias foram tratadas como estabelecimentos comerciais e tiveram de fechar. Embora ainda não haja informações disponíveis sobre instituições culturais especificamente, o vice-chanceler alemão Olaf Schulz reconheceu que artistas e performers podem receber benefícios em dezembro.

Em declarações ontem ao Berliner Morgenpost, o ministro da cultura Klaus Lederer foi vago sobre o assunto da reabertura de museus e galerias. “Ficaria muito satisfeito se pudéssemos, pelo menos, criar a possibilidade de crianças e jovens visitarem um teatro ou uma instituição cultural”, disse ele.

Enquanto isso, no Reino Unido, que deixou oficialmente a União Europeia a 31 de janeiro, o primeiro-ministro Boris Johnson anunciou um "agravamento” do sistema de reabertura por fases que deverá ser implementado a 3 de dezembro. De acordo com o sistema, em áreas consideradas como de Nível 3, ou sob maior risco, os museus e galerias permanecem fechados. As classificações dos níveis serão anunciadas em 26 de novembro.

Fonte : Artforum