Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Exercícios de Comunicação Poética com Outros Operadores Estéticos


Ernesto de Sousa
Vários locais/Lisboa, Lisboa

Sarkis


Cláudio Garrudo
Galeria das Salgadeiras (Atalaia), Lisboa

FPM#3 – Da construção ao imaginário


COLECTIVA
Fundação PLMJ, Lisboa

NOVA GENTE


Musa Paradisíaca
Galeria Quadrado Azul (Novo espaço em Lisboa), Lisboa

A NATUREZA EM MOVIMENTO


Alberto Carneiro
Museu Internacional de Escultura Contemporânea de Santo Tirso, Santo Tirso

ARRÁBIDA BOUND


Miguel Palma, Luís Palma
.insofar art gallery, Lisboa

ARQUEÓLOGAS DO AFECTO


Erica Maluguinto, Hariel Revignet, Kika Carvalho, Mariana Rodrigues, Rosana Paulino
Bruno Múrias,

WE LOVE UGO RONDINONE


São José Correia
Plataforma Revólver, Lisboa

SAUDADES


Paula Rego
Galeria 111, Lisboa

1189 - 2021 : COMMENTARIUM IN APOCALYPSIN


Magda Delgado, Pedro Pascoinho
No.No, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


NUNO SOUSA VIEIRA

Bom dia lua




MUSEU MUNICIPAL AMADEO DE SOUZA CARDOSO
Alameda Teixeira de Pascoaes
4600-011 AMARANTE

02 OUT - 31 DEZ 2021


Inauguração: 02.10.2021 (16h), no Museu Municipal Amadeo de Sousa Cardoso, Amarante


Bom dia lua
de Nuno Sousa Vieira



Nuno Sousa Vieira vive e trabalha entre Leiria e Lisboa. Doutorado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, com a tese intitulada: O Ateliê – Do Mundo Para o Lugar. Sala de Exposição (1971/2015). Nuno Sousa Vieira tem vindo a desenvolver uma extensa prática em torno do espaço do seu ateliê, antiga fábrica de Plásticos SIMALA. As suas esculturas, compostas por variados materiais fabris, elementos arquitetónicos, e móveis descartados, são o resultado de um processo que envolve a transladação do espaço de trabalho para material de trabalho e, por fim, para matéria de trabalho. Coleções nacionais e internacionais incluem: PINTA – Latin América, Miami, EUA; Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, Brasil; Colección Navacerrada, Espanha; Teixeira de Freitas, Portugal; Coleção António Cachola, Portugal; Coleção Fundação Calouste Gulbenkian, Portugal; e Coleção de Arte Contemporânea do Estado, Portugal.