Links

PERSPETIVA ATUAL


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca


Fotografia: Maria Pedro Fonseca

Outros artigos:

2018-11-22


NICOLÁS NARVÁEZ ALQUINTA


2018-10-13


MIRIAN TAVARES


2018-09-11


JULIA FLAMINGO


2018-07-25


RUI MATOSO


2018-06-25


MARIA DE FÁTIMA LAMBERT


2018-05-25


MARIA VLACHOU


2018-04-18


BRUNO CARACOL


2018-03-08


VICTOR PINTO DA FONSECA


2018-01-26


ANA BALONA DE OLIVEIRA


2017-12-18


CONSTANÇA BABO


2017-11-12


HELENA OSÓRIO


2017-10-09


PAULA PINTO


2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-20


JORGE DIAS


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS



PUNTI LUMINOSI E A PERCEPÇÃO DO CONTÍNUO



ANA BARROSO

2016-02-15




“(...)
Quais rosas, no âmbar mágico, a compor
Rubribordadas de ouro, só
Uma substância e cor
Desafiando o tempo.”

Envoi Ezra Pound


Já se sabe que começar pelo princípio é o mais difícil. Não será certamente essa a intenção primeira quando se regressa ao arquivo, até porque no confronto com a obra de arte suspensa do tempo e da percepção atuais (literalmente), o artista inspira-se na sua incompletude para a valorizar de forma inequívoca: nela e com ela convoca o fragmento e a totalidade, o passado e o presente, a noite e o dia. O arquivo assume-se, portanto, como um catalisador de conhecimento, memória, experiência e criatividade. Tudo está em tudo, sem contornos definidos, o conceito e a presença física.
A exposição temporária “Devolver a Vista”, patente na casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, organiza-se e pensa-se em torno da importância do arquivo na criatividade contemporânea e cria um diálogo com peças de mobiliário, pintura e cerâmica da coleção do médico oftalmologista. “Devolver a Vista” recorre-se da sua literalidade (na sala do primeiro andar estão expostas várias revistas de oftalmologia usadas por Anastácio Gonçalves na sua prática médica) e desenvolve-se numa pulsão pessoal e idiossincrática para se materializar numa instalação sonora (Miguel Sá, sala de entrada), impressões digitais e modelos em gesso (Marta Galvão Lucas, sala grande) e diapositivos, fotografias e vídeo (Paulo T. Silva, sala pequena e sala do primeiro andar).
As peças clássicas do arquivo entram em diálogo com as novas tecnologias e coexistem num tempo não cronológico, mas estético. Se o homem pertence irrevogavelmente ao seu tempo, pode procurar uma não coincidência com ele, no sentido de que existe um outro tempo, para além do aqui e agora. A continuidade da instalação de Miguel Sá (a instalação está pensada e montada para estar em funcionamento contínuo, isto é, para além do horário de visita, mas ativa 24 horas por dia durante toda a duração da exposição e incorpora um armário em madeira do século XVII). O som contínuo é também a memória de outros tempos (passado e futuro) e inscreve a música como arte de impossível fixação. Miguel Sá concorda: “Concordo absolutamente. A edição de Rodney Graham Parsifal (1882 – 38,969,364,735) que aborda a questão ambígua da autoria, da repetição ou loop, da importância do suplemento e da continuidade, poderá ajudar a contextualizar a peça. André Gonçalves da ADDAC System, a meu pedido, construiu um sintetizador modular que tornou o objectivo inicial exequível - uma peça sonora que "toca" ininterruptamente, desde a inauguração à finissage e que permite o aditamento de novos sons (gravações de campo dentro e fora da CMAG, excertos do ciclo de concertos que vai decorrendo ao longo da exposição) enquanto é reproduzida - dia e noite.” A peça protege-se pela composição em loop, tal como a vida se protege pela repetição. O visitante é quem decide o tempo de permanência com a obra.
A exposição inclui também uma série de concertos que acontecem junto ao crepúsculo, momentos que retomam a singularidade do momento na imbricação da lonjura da instalação. O ciclo de concertos no âmbito da exposição teve início em Dezembro de 2015 e prolonga-se até Março de 2016. A programação, Miguel Sá em parceria com a editora Shhpuma, teve como mote o ensaio sobre "A verdadeira arte de tocar instrumentos de tecla" (1753) de Carl Philipp Emanuel Bach. Até ao momento, podemos assistir aos concertos de André Gonçalves & Rodrigo Pinheiro, Rafael Toral, Joana Gama & Luís Fernandes, Tiago Sousa. Em breve, estará disponível no site informação sobre os concertos a decorrer em Fevereiro e Março.

Se Agamben definiu a contemporaneidade como uma relação singular com o próprio tempo, que adere e se distancia deste ao mesmo tempo, o trabalho exposto por Marta Galvão Lucas reforça a ideia do filósofo italiano. Dos potes de cerâmica chinesa do séc. XVIII aos modelos incompletos em gesso, o visitante pode ver e auferir de procedimentos na criação artística, construção física e em presença, cada vez mais importante numa época de voragem do virtual.
O tema da cegueira é um tema clássico que perpassa a história e a arte. A cegueira pode ser total ou parcial, mas é ela que impede a luz de entrar, impossibilita a definição dos contornos, a revelação da verdade. A sombra inerente à obra (aqui por estar escondida do olhar humano) vem dar lugar a uma vontade de se mostrar e de revelar. Desvenda-lhe o pormenor, devolve o fragmento ao seu lugar originário importante na fruição e compreensão da obra. Os diapositivos de Paulo T. Silva reinterpretam as pinturas e desenhos de Boudin, Guardi e Domingos Sequeira. Aqui as possibilidades da tecnologia dão a ver ao olho humano o que este normalmente não poderia alcançar: ou por mera incapacidade ou por falta de atenção. O pormenor esconde-se na imensidão e é necessário iluminá-lo para que ele também possa dar um outro sentido ao todo. É como a floresta: densa, fechada e escura que vamos encontrar na sala do primeiro andar. Mas também a floresta que inspira o artista (o próprio Courbet tem várias obras sobre o tema). O olhar que perscrute aquela árvore, aquele fio de luz enfiado num ramo, um charco castanho e quase impercetível.
Devolver aos sentidos os lugares imaginários onde ainda não se esteve. Pontos de luz a brilhar no escuro. Um mundo em visita.

 

Ana Barroso

 

:::
 
Exposição

Devolver a Vista
Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves
18 Dezembro a 27 Março

 

Concerto de Tiago Sousa (excerto):

Tiago Sousa - concerto CMAG ”Devolver a Vista” 28/1/2016 

 

Próximo concerto: dia 17 de março, 19h: Lower trio (Vitor Rua, Miguel Sá e Fernando Fadigas)

 

 

 

Generic 5mg tadalafil prescription viagra usa without generic a doctor http://www.saludos.com/healthcare/hchome.htm cialis vs viagra prices 10mg levitra tablets http://www.saludos.com/award.htm ed pills pack, levitra 40 mg levitra dapoxetine with.
Viagra ejaculation on overdose viagra mg levitra 20 professional cheap sildenafil citrate, approved fda propecia generic 5mg cialis generic.
Canada purchase in cialis india cialis from help propecia viagra without presc canada, africa levitra south buy online cheap viagra.
Paypal viagra online 40mg cialis cialis vs viagra dose cialis vs viagra for sale buying viagra best erectile dysfunction pills erectile dysfunction pills, vs vs tadalafil sildenafil vardenafil 2010 generic viagra.
Viagra free samples for viagra lowest price cialis vs viagra potency cialis vs viagra which is best better or is viagra levitra what cheap ed meds cheap ed drugs, cialis viagra vs levitra vs propecia us buy.
Soft viagra pills sildenafil gel cialis vs viagra for sale cialis vs viagra foto in pakistan price cialis 5mg best pills for erectile dysfunction popular ed drugs, canada cialis generic levitra canada online purchase.
Levitra there is generic a levitra paypal online generic levitra price http://www.socgeografialisboa.pt/propecia-buy-canada/ pharmacy propecia online, levitra canada cheap buy manchester viagra.
Levitra dosage cost cialis uk buy uk levitra viagra generic, shipping overnight buy viagra online pay paypal with viagra.