Links

PERSPETIVA ATUAL


Vista sobre o Musée de la Ville de Paris. Hotel Everland. Um Projecto de Sabina Lang e Daniel Baumann. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


“Livre en Or”, diário de bordo dos hóspedes do Everland Hotel. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Vista da exposição “THE THIRD MIND”, uma carta branca do Palais de Tokyo ao artista Ugo Rondinone. Fotografia: Sílvia Guerra


Entrada na exposição “THE THIRD MIND”, uma carta branca do Palais de Tokyo ao artista Ugo Rondinone. Fotografia: Sílvia Guerra


Entrada pelo Palais de Tokyo, site de creation contemporaine no Everland Hotel. Um Projecto de Sabina Lang e Daniel Baumann. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Vista exterior do Hotel Everland. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Vista exterior do Hotel Everland. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Gira-discos do Everland Hotel. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Discos à disposição dos hóspedes do Everland Hotel. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


“Livre en Or”, diário de bordo dos hóspedes do Everland Hotel. Palais de Tokyo. Fotografia: Sílvia Guerra


Vista da exposição “THE THIRD MIND”, uma carta branca do Palais de Tokyo ao artista Ugo Rondinone. Fotografia: Sílvia Guerra

Outros artigos:

2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-02-15


ANA BARROSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-20


JORGE DIAS


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS


share |

HOTEL EVERLAND



SÍLVIA GUERRA

2008-01-07




Hotel Everland. Um Projecto de Sabina Lang e Daniel Baumann
PALAIS DE TOKYO, de Novembro a Dezembro de 2008



I’m in Everland… just in Everland…!
… and my heart beats so that I can hardly breath…

- … et voilà! O Museu transforma-se em Hotel, pela mão dos artistas suiços Sabina Lang e Daniel Baumann. Neverland, ou como dormir numa obra de arte; com vista para o Sena, a Torre Eiffel como catavento, e um ambiente de cápsula espacial que pode partir para Saturno a qualquer momento.


Disfarço-me de terrível Sophie Calle por umas horas e peço para dormir uma noite no Hotel Everland. Máquina fotográfica escondida na carteira, óculos escuros (para que Marc-Olivier Wahler não me reconheça) e as chaves na mão de um quarto único do Hotel.


A escadaria que me leva ao hotel-cápsula é batida pelo vento de Inverno de Paris, o corredor é o tecto do Museu e finalmente entro. A porta fecha-se. O sonho do coleccionador do “Amante do Vulcão” de Susan Sontag realiza-se. Estou sozinha dentro do Museu que se transformou num quarto de Hotel só para mim. Da janela vejo o Musée de La Ville de Paris, antecipo as exposições de Helene Schjerfbeck e de Alfred Kubin, e por baixo de mim, tal como os dinossauros que dormiriam a noite dos séculos estão as obras escolhidas por Ugo Rondinone na carta branca que lhe lançou o director artístico do Palais de Tokyo. Tudo isto permite, ao mesmo tempo, sonhos e pesadelos, num misto de réverie “linchyana” pelo Everland e de arte para os sonhos, arte no tempo do sono e do dia.



Como é o Hotel Everland?

É uma suite no estilo rétro da arte nova com os detalhes do design contemporâneo holandês. Cama de casal king size, quarto de banho e lounge. Pode parecer um décor de um filme de Jacques Demi revisitado, onde podemos ouvir velhos discos em vinil enquanto abrimos o champanhe do mini-bar ( mini-bar gratuito, que nos prova que o Hotel Everland é irreal). No momento em que vamos tomar banho sentimos a possibilidade da existência dos olhos de um qualquer guarda-nocturno; os museus são na sua solidão nocturna paisagens de filmes de terror. As toalhas e os lençois são verdadeiros, com as iniciais do Hotel bordadas a ouro e os clientes podem deixar as suas impressões no “Livre en or”, que não se trata de um livro de reclamações mas de um pequeno diário de bordo deixado à livre participação dos hóspedes.

A noite custa 333 euros aos domingos, terças e quartas-feiras, e 444 euros às quintas, sextas e sábados. So é permitida a reserva de uma noite no Hotel.



A arquitectura, a instalação e a arte

Inicialmente esta instalação dos artistas L/B (Sabina Lang et Daniel Baumann) foi exposta na Suiça em 2002, tendo sido criada para a exposição colectiva “Eleverland” comissariada por Gianni Jetzer. Depois permaneceu no topo de um edíficio sobre o Lago Neuenburger. De Junho de 2006 até Agosto de 2007 toda a gente podia ver o Hotel Everland no telhado da Modern Art Gallery em Leipzig.


Neste momento é o Hotel de uma noite do Palais de Tokyo. A questão que me coloco após o ter visitado e experienciado é a seguinte: O Hotel Everland é uma obra de arte pela sua localização dentro das instalações de um museu? Ou é a materialização de uma “noite em arquitectura” como diria citando o título da mais recente publicação de Jorge Figueira? Penso que se dormisse dentro de uma escultura de Brancusi ou na “Totes Haus Ur” de Gregor Schneider (Pavilhão Alemão, 49ª Bienal de Veneza) me sentiria mais próxima de dormir numa obra de arte.


O Everland Hotel desilude pela sua hiper-realidade, de hotel-design, onde a individualização artística mais marcante é o percurso a que nos submetemos para entrar nele, ou seja, a entrada pelo museu à noite e a sua localização. A questão das fronteiras entre a instalação artística e o papel do design na arquitectura são aqui prementes e ficam sem resposta, pois a operação comercial sobrepõe-se à questão estética. O desafio lançado pela instituição ao público é interesante na medida em que permite uma nova abordagem à arte contemporânea, pela intimidade de um sono partilhado. No entanto, os sonhos que se podem ter nessa noite serão a forma mais surrealista de arte.



Sílvia Guerra